Cirurgia íntima - ninfo, labio e clitoroplastia

O verão, quando chega, não só traz as altas temperaturas, as viagens para a praia, banho delicioso de piscina, aquela roupa descolada e refrescante que cai bem no corpo, mas também é uma época de grande procura por cirurgias plásticas para corrigir insatisfações com o próprio corpo.

Implante de mama e lipoaspiração são os campeões, mas a ninfoplastia e clitoroplastia, conhecidas também como cirurgia íntima feminina, acaba sendo surpreendentemente procurada nesta época do ano. 

A ninfoplastia ou labioplastia é o procedimento cirúrgico indicado para mulheres que queiram reduzir o tamanho dos pequenos lábios vaginais, causando um melhor aspecto da região genital. A clitoroplastia é utilizada para a redução do clitóris. As causas mais comuns para esta hipertrofia são congênitas ou por uso de anabolizantes.

O excesso dos pequenos lábios é removido e a sutura é feita com pontos absorvíveis, que não precisam ser retirados. Na clitoroplastia, para deixar o clitóris menos visível, podemos apenas "embuti-lo" no púbis ou, em último caso, também reduzi-lo. Em casos indicados, um pequeno enxerto de gordura nos grandes lábios para amenizar aquele aspecto flácido e murcho, também deixa a genitália mais "escondida", gerando um rejuvenescimento local.

As cirurgias íntimas podem ser realizadas preferencialmente a partir dos 18 anos ou, se for algo que realmente incomoda, no mínimo 2 anos após a primeira menstruação para aguardar o desenvolvimento genital. Em casos mais extremos como genitália ambígua, realizamos até mesmo na infância.

Aproveite o verão e consulte um médico de sua confiança. 

Assuntos relacionados: clitoroplastia, ninfoplastia



Artigos relacionados


Perguntas

Juliana Damasceno
Clitoroplastia
"Queria fazer a cirugia no meu clitóris e nos grandes lábios "

Lilian
Clitoroplastia
"Perda de sensibilidade do clitóris após uso involuntário de testosterona o clitóris aumentou de tamanho e creio que o atrito deixou a pele menos sensível ao toque. Hoje não tenho mais orgasmos clitorianos. Existe alguma solução?"