Considerações importantes sobre ginecomastia

Ginecomastia descreve a situação em que ocorre o crescimento das mamas nos homens.

Este crescimento pode ser causado por diferentes fatores, mais comumente, por alterações hormonais e/ou obesidade. Quando o aumento mamário é ocasionado exclusivamente por acúmulo de gordura, é chamado de lipomastia. O uso de anabolizantes é outra causa bastante comum. Vale lembrar que ginecomastia leve é considerada normal na adolescência e tende a regredir espontaneamente.

O tratamento depende da classificação: 

Grau I: aumento do tecido glandular logo abaixo das aréolas, formando um botão. Neste caso, a remoção cirúrgica é realizada facilmente com uma pequena incisão ao redor da aréola, podendo ser até com anestesia local;

Grau II: hipertrofia do tecido lipogandular na região das mamas. A mama começa a ter aspecto feminino porém sem flacidez de pele. Nesta situação é necessária a retirada da glândula com a cicatriz infraareolar e normalmente associamos lipoaspiração da região peitoral;

Grau III: Ocorre nos casos em que a hipertrofia mamária é acompanhada por flacidez de pele. Estes casos necessitam de retirada da mama, de pele e reposicionamento das aréolas. A cicatriz é maior por causa da retirada de pele, ela pode ser horizontal ou em T invertido.

A ginecomastia um problema de caráter estético pois não afeta a saúde física do homem. Porém, por causar grande sofrimento psicológico, consideramos a cirurgia de caráter "reparador". Portanto, ela pode ser realizada pelo SUS e até autorizada por planos de saúde. 

Lembre-se das palavras "sofrimento psicológico" citadas acima antes de fazer alguma piada com alguém que possua este problema. 

Assuntos relacionados: sculpra



Artigos relacionados


Perguntas

Valderi
Otoplastia
"Otoplastia, eu gostaria de fazer a cirurgia para corrigir orelhas de abano. Para fazer só a avaliação é cobrado? Qual o valor? Obrigado."

Delceni
Preços
"Quanto custa a consulta para fazer uma avaliação d uma coxoplastia?"