O que é sinmastia?

Sinmastia (também chamada simastia) ocorre quando há descolamento da pele que deveria estar aderida ao osso esterno - aquele osso torácico que fica entre as mamas. Nesta condição, as mamas ficam aparentemente unidas, gerando um grande prejuízo estético.

Ela pode ser natural ou uma complicação de cirurgia mamária, mais frequentemente, por inclusão de prótese de silicone. Entre as causas naturais, há mulheres que simplesmente nascem com as mamas assim ou adquirem após grande ganho ponderal, amamentação e/ou envelhecimento. As causas cirúrgicas podem ser diversas, envolvem desde próteses excessivamente grandes, movimentação precoce (deitar de lado durante o sono, por exemplo), traumas na mama e até complicações como hematomas e seromas. 

O tratamento é cirúrgico e é realizado por razões estéticas, visto que não há prejuízo para a saúde da mulher. Pode envolver diferentes táticas cirúrgicas, variando de acordo com a necessidade de cada paciente. No caso das próteses por exemplo, elas podem ser trocadas por um tamanho menor, pode ser realizada conjuntamente capsulectomia/capsulotomia com capsulorrafia da região medial e/ou mudança para o plano submuscular. 

Assuntos relacionados: outros