Os malefícios de certas

Com o aumento da procura por cirurgia íntima no consultório, percebi que os anabolizantes, antes usados por atletas e fisiculturistas, está ganhando cada vez mais adeptos, principalmente mulheres. Não é raro que elas nem saibam que estão utilizando anabolizantes, pois foram prescritos por médicos sob o codinome de terapia hormonal ou algo do gênero, com objetivos variados como melhorar a massa muscular, perda de gordura, disposição, libido, etc.


Os anabolizantes são compostos sintéticos produzidos com base na testosterona, hormônio masculino. A prescrição e o acompanhamento por um médico gera uma falsa sensação de segurança. Falsa porque é importante destacar os efeitos colaterais que podem ser graves, incluindo morte por hepatite medicamentosa. Na maioria das vezes, os problemas são omitidos, e é por isto que quero informar vocês sobre os mais comuns:


- Em mulheres: engrossamento da voz, alteração do ciclo menstrual, crescimento de pelos faciais, redução das mamas, hipertrofia do clitóris e queda de cabelo.

- Em homens: ginecomastia (crescimento das mamas), impotência sexual, calvície e infertilidade.


Esses são apenas alguns dos vários efeitos possíveis. É importante estar ciente deles (e de outros) antes de aceitar qualquer terapia do gênero.


CRM 12048/GO RQE 7031


Assuntos relacionados: outros