Mais

Tratamentos

Clitoroplastia

Cirurgia plástica no clitóris.

Informações práticas:

  • Duração da cirurgia: 1-2h.
  • Tipo de anestesia: Anestesia local com ou sem sedação ou raquidiana.
  • Tempo de internação em uma evolução normal: 2-8h.
  • Tempo de recuperação para as atividades básicas do dia a dia: alguns dias.
  • Preço de clitoroplastia: veja aqui.
  • Fotos antes de depois de clitoroplastia: veja aqui.

O que é?

Clitoroplastia é a cirurgia para remodelar a região clitoriana. É indicada para as mulheres que desejam deixar o clitóris mais "escondido" pelos grandes lábios. A hipertrofia clitoriana pode ser natural, mas é mais comum em mulheres que fizeram uso de anabolizantes.

Como é realizada?

Na cirurgia plástica do clitóris, podemos realizar 3 procedimentos: Redução do chamado prepúcio clitoriano, que pode ser suficiente quando o problema é excedente de pele; Plicatura do clitóris, que consiste na fixação da glande no osso púbico. Esta manobra serve para "escondê-lo", deixando a glande 1-2 cm mais profunda. Em casos mais graves, podemos precisar de uma redução do seu tamanho com retirada de um pequeno pedaço da glande, decisão a ser definida junto com a paciente. A ninfoplastia, plástica dos pequenos lábios, também pode ser associada quando necessário.

Como é o pós-operatório?

Os pacientes submetidos à cirurgia plástica íntima devem ficar de repouso relativo nos primeiros dias, porém logo podem fazer as suas atividades normalmente. Os principais transtornos da clitoroplastia são aplicação de bolsas com gelo nos primeiros dias e abstinência sexual por 1 mês. O pós-operatório é variável, pode ser praticamente indolor até bastante doloroso e necessitar do uso de analgésicos.

O que esperar de resultado?

O objetivo da clitoroplastia é "esconder" o clitóris, deixando-o mais discreto e mais oculto pelos grandes lábios. Os resultados variam de acordo com a anatomia e a vontade de cada paciente mas, de maneira geral, é esperado uma genitália com aparência mais feminina e delicada.

Quais são os riscos?

Os riscos gerais de todas as cirurgias variam de acordo com as características de cada pessoa: idade, peso (IMC), comorbidades (problemas de saúde), uso de medicamentos, drogas, tabagismo, fatores genéticos,... e serão explicados na consulta presencial justamente por causa desta variação. Os riscos específicos mais importantes são: sangramento, hematoma, deiscência e alteração de sensibilidade, geralmente rara e transitória.

Artigos relacionados


Perguntas

Juliana Damasceno
Clitoroplastia
"Queria fazer a cirugia no meu clitóris e nos grandes lábios "

Lilian
Clitoroplastia
"Perda de sensibilidade do clitóris após uso involuntário de testosterona o clitóris aumentou de tamanho e creio que o atrito deixou a pele menos sensível ao toque. Hoje não tenho mais orgasmos clitorianos. Existe alguma solução?"